A 306a reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) avaliou projetos que somam investimento de R$ 1,65 bilhão, com a projeção de 748 novos postos de trabalho para os três próximos anos, além de 246 remanejados dentro da própria indústria.

A primeira reunião do ano, realizada, nesta quinta-feira (29), no auditório Arivaldo Silveira Fontes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no Distrito Industrial, zona sul de Manaus, foi presidida pelo vice-governador do Amazonas, Tadeu de Souza ao lado do titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Serafim Corrêa.

O presidente-executivo do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (CIEAM), Lúcio Flávio Morais de Oliveira, esteve no evento e entregou uma cópia do livro Diálogos Amazônicos para o secretário Serafim.

No total, foram submetidos 32 projetos industriais, dos quais 10 de implantação (novos projetos), 18 de diversificação (novas linhas de produção) e quatro de atualização (aqueles projetos que representam alterações e/ou melhorias em seus processos industriais).

Na ocasião, será prestada uma homenagem aos 57 anos dos incentivos fiscais federais na Zona Franca de Manaus, comemorados nesta quarta-feira (28/02), conforme estabelecido pelo Decreto-lei n° 288, de 28 de fevereiro de 1967, além dos 55 anos dos incentivos estaduais, por meio do Decreto-lei n° 839, de 17 de dezembro de 1968. Na oportunidade, o ex-governador Danilo Areosa, que sancionou a lei 839/1968, juntamente com sua equipe técnica da época, composta por Francisco Monteiro de Paulo, Vinicius Câmara, João Augusto Loureiro, Benjamin Sanches, Elson Farias e José Lopes da Silva, serão homenageados.

Destaques

Um dos destaques da pauta é a empresa Yamaha Motor da Amazônia, com um projeto de atualização para os produtos motoneta acima de 100 até 450 cilindradas, motocicleta acima de 100 até 450 cilindradas e motocicletas acima de 450 cilindradas, com investimento aproximado de R$ 1 bilhão.

Outro projeto em evidência é da empresa Cal-Comp Indústria e Comércio de Eletrônicos e Informática, que visa a produção de telefone celular. Estima-se um investimento de R$ 332,06 milhões e geração de 109 novos postos de trabalho.

A Visteon Amazonas também é um destaque nesta reunião Codam, com projeto de implantação e investimento de aproximadamente R$ 85,6 milhões para a fabricação de painéis de instrumentos para veículos automotores. Além disso, a empresa Belmicro Industrial prevê R$ 25 milhões de investimentos em um projeto de implantação para a fabricação de fornos micro-ondas.

Na pauta, o polo de Duas Rodas tem grande destaque, além do projeto de atualização da Yamaha Motor, dois projetos de implantação são estimados para esse segmento, das empresas W Moto América Indústria e Comércio de Motocicletas e a W M Corporation, ambas de capital nacional, que juntas gerarão 71 novos postos de trabalho e mais de R$ 17 milhões de investimento.

Feira de Artesanato

Durante o evento, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Sedecti, vai realizar a Feira de Artesanato, onde o público poderá conferir produtos de artesãos amazonenses. Esta será a primeira edição da Feira de Artesanato durante uma reunião do Codam.

Com informações da assessoria : CIEAM

 

By souza

Publicitário/ Apresentador de Rádio e TV/ Especialista em Marketing Digital/ Assessoria de Imprensa